Binho Barreto tem o desenho e a pintura como meios expressivos preferenciais. Sua produção articula com temas como linguagem, espiritualidade, cultura urbana e cidadania. Ele se dedica também à escrita literária e à arte educação.

 

É graduado em Artes Plásticas pela Escola Guignard/UEMG (2010), mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG (2016) e doutorando pela Escola de Arquitetura da UFMG. Foi aluno no curso de história da arte do crítico e professor Rodrigo Naves (SP, 2007) e estudou Anatomia Humana para Desenho na Art Students League (Nova York, 2009).

 

Apresentou as exposições individuais: Tempo Um (Casa Gal, 2021, BH); Nado Raso (BDMG Cultural, 2013, BH) e Planador (Coletivo Galeria, 2007, SP). Participou das coletivas: Temporada de verão (Casa Gal, 2022, BH); Um erro inesperado aconteceu (Galeria Periscópio, 2019, BH); Objetos da Natureza (Espai, 2017, BH); Simbio (Palácio das Artes, 2012, BH); 400ml (Maison des Métallos, 2008, Paris); Os Brasileiros (Carmichael Gallery, 2008, LA); So Many Selves (Carmichael Gallery, 2007, LA). 

 

Foi curador no edital Mostras BDMG 2019 e no edital de arte pública TAU (Território Arte Urbana), em 2019. Participou da residência artística Agora International Art Action, em Bela Crkva – Sérvia (2014); da Residência Artística da Mutuca (RAM5), em Altamira – MG (2016) e da Expedição Objetos da Natureza (ESPAI), em Itabirito – MG (2017).

 

 

 

Publicou os livros Perímetro urbano (sobre a sua trajetória com o graffiti), em 2016; Comboio (literatura infantil), em 2019; O livro dos vivos (contos), em 2019, e Gigantes e Monstros (literatura infantil), em 2021 - todos pela editora Impressões de Minas. Participou das publicações coletivas: Linguará (Linguará, Portugal, 2019); Ã (Impressões de Minas, Brasil, 2018); Exercício para a Liberdade (Invisível produções, Brasil, 2015); Los Logos 4 (Die-Gestalten, Alemanha, 2008); Látex for Fun (Die-Gestalten, Alemanha, 2007); Disorder in Progress (Die-Gestalten, Alemanha, 2000).

 

Durante oito anos ilustrou semanalmente para o jornal Folha de S. Paulo (caderno Ilustrada). Também contribuiu com ilustrações para publicações da Editora Abril, Editora Globo e Mtv, dentre outros

 

Lecionou cursos livres e oficinas de artes visuais em instituições como Centro Cultural Banco do Brasil, BDMG Cultural, Faculdade Ciências Médicas MG, Hospital Galba Veloso MG, Sesc Palladium e Escola de Arquitetura da UFMG. Durante quatro anos foi professor do curso de artes visuais da Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia – BH, onde lecionou desenho e design gráfico, orientou projetos e coordenou o Núcleo de Produção (incubadora). Por dois anos lecionou as disciplinas Teoria da Cor, Composição e Expressão Gráfica no curso de Design Gráfico do Senai MG – BH.

 

 

foto_gustavo_marx_edited.jpg

 

foto: Gustavo Marx